domingo, 22 de janeiro de 2012

Cadê? Ondiéquistá?


Raul Seixas era um cantor único,
era um profeta do rock,
um misto de louco e sábio
místico, pensador e debochado.

(Paulo Coelho, seu parceiro de algumas músicas,
pegou carona na cauda do seu sucesso,
depois de sua morte,
e seguiu carreira solo como "mago escritor",
mas não tem seu brilho...)


Algumas de suas canções ficaram mais famosas
que outras, menos tocadas.

Nesta canção, ele diz ser um conto de um sábio chinês...
(deixo-o pensar assim rsrs)
Num é que o tal sábio contou certo?

Enfim, tá mais que na hora!...
Mas cadê?


(Este é o conto do sábio chinês:)

[Sobre vida inteligente alineígena:]
Andei
durante dez anos
fazendo planos
para falar
com seres
vindos do espaço
com a resposta
para me dar...
Porém,
quando eu estava pronto
para o contato,
a minha pequena
me disse:
'você vai ver
tudo no cinema.'

E onde é que está a vida?
Onde está a experiência?
Já te entregam tudo pronto,
sempre em nome da ciência,
sempre em troca da vivência!
E aonde é que está a vida?
E a minha independência?

[Sobre namoro e sexo:]
Depois
de muita espera,
quem eu queria
quis me encontrar.
Tomei
um banho descente,
escovei meus dentes
para lhe beijar.
Guardei
lugar no motel
pra lua-de-mel
que eu sempre esperei...
Porém
na hora H
eu não "levantei"!

Tá na hora do trabalho!
Tá na hora de ir para casa!
Tá na hora da esposa!
E enquanto eu vou pra frente,
toda minha vida atrasa!
Eu tenho muita paciência...
Mas a minha independência,
onde é que está?

[Sobre trabalho e emprego:]
Durante
a vida inteira
eu trabalhei
pra me aposentar.
Paguei
seguro de vida
para eu morrer
sem me aporrinhar...
Depois
de tanto esforço,
patrão me deu
caneta de ouro,
dizendo:
'enfia... no "bolso",
e vá se virar!'

Tá na hora da velhice!
Tá na hora de deitar!
Tá na hora da cadeira
de balanço, do pijama, do remédio pra tomar!
Oh, divina Providência!
E a minha independência?

Ah! E minha vida?
A minha vida,
onde é que está?


Melodia:
Tá na hora
Com Raul Seixas

Letra:
http://letras.terra.com.br/raul-seixas/84696/


Música:
http://www.youtube.com/watch?v=hs-luOwu2OU
Tá na Hora de Raul Seixas (2:21)






3 comentários:

Helinha disse...

Ah, que delícia de música...

E não é que é mais ou menos assim mesmo??

rsrs

Sei lá, acho que tá na hora, quase passando da hora já!!

[Ah, Paulo Coelho é mais uma pessoa bem esperta, que soube aproveitar o momento... mas o Raul, além de gênio, pra mim, era uma das pessoas mais autênticas do meio artístico!! Não dava pra ficar muito nesse mundo mesmo... rsrs]

Beijoooss!!

Vivian disse...

...se passamos o tempo todo
submissos a compromissos e
responsabilidades,
esta é a pergunta que
não quer calar.

e a nossa vida onde
é que está?

Raul Seixas era muito
inteligente, sagaz,
contundente até.

belo post!

Patricia disse...

Eu sou muito fã de Raul e gosto principalmente das músicas não tão famosas dele... Essa me lembrou aquela "Fim de Mês". Raul disse verdades que não se alteraram até hoje. Isso é ser gênio!!! Grata pela visita e pelas palavras. =)